RAMO

O RAMO - Profissionais JM Lisboa
QUEM SOMOS

Somos um grupo de jovens profissionais do Movimento Apostólico de Schoenstatt em Lisboa, que aspira a uma transformação radical da sua vida à luz dos ensinamentos da Igreja Católica e da espiritualidade de Schoenstattat. Procuramos santificar as nossas vidas, famílias, trabalhos e o próprio meio social onde nos inserimos graças à nossa Aliança de Amor com Nossa Senhora.

HISTÓRIA

O Ramo dos Profissionais da Juventude Masculina em Lisboa surge essencialmente da nossa necessidade, como jovens do movimento que, terminando a fase da Universidade e iniciando a vida profissional, sentimos que precisávamos de um Ramo que respondesse ao nosso contexto específico de jovens trabalhadores cristãos, onde pudéssemos encontrar apoio e condução para esta nova fase da vida.

A entrada no mundo do trabalho representa uma mudança abrupta nas nossas vidas, de onde emergem novas inquietações, dúvidas e desafios. De um momento para o outro, 8 horas do nosso dia passam a ser dedicadas ao trabalho, sendo o período de férias encurtado de 2 meses para 22 dias. Este "choque" obriga-nos a repensar muitas coisas, nomeadamente a forma como desenvolvemos a nossa espiritualidade, as nossas vidas pessoas, gerimos o nosso tempo, definimos as nossas prioridades, etc.

Foi em 2015 que foram dados os primeiros passos para a formação deste Ramo, através do Pedro Rocha e Melo e do Pedro Morais Vaz que quiseram promover encontros com outros jovens da sua idade e situação profissional. Esses encontros tomaram a forma de retiros, conferências, jornadas, encontros de oração, que tiveram desde cedo o apoio dos Padres de Schoenstatt, e dos grupos de vida universitários mais velhos que formavam a Juventude Masculina de Lisboa. Durante dois anos, uma equipa de coordenação impulsionou e geriu estas actividades, e no final desse tempo, em 2017, foi eleito oficialmente o primeiro chefe de Ramo, e formado o primeiro Conselho.

DESAFIOS

As dúvidas associadas à nossa profissão, àquilo que fazemos, ao local onde trabalhamos, brotam naturalmente. Gosto do que faço e sinto-me realizado? Vivo tranquilo com as escolhas que fiz em termos de curso, profissão e empresa? Reconheço no meu trabalho uma missão especialmente encomendada por Deus? Tento ser exemplo de Cristo junto dos meus colegas e na realização das minhas tarefas?

Mas o ingresso na vida profissional levanta outros desafios, com implicações directas na nossa vida pessoal. Já encontrei um equilíbrio entre o tempo que dedico ao trabalho e o tempo que dedico à família, amigos ou outras actividades? Face às novas limitações de tempo, a que causas ou projectos me quero realmente dedicar? Já consegui adaptar a minha vida espiritual (nomeadamente a oração) ao meu novo estilo de vida? Que desafios se levantam para mim e para a minha namorada nesta fase da vida? De que forma posso contribuir com o que faço profissionalmente para as causas em que acredito? Contribuo com o meu ordenado para ajudar os pobres e a Igreja?

PROPOSTA

O Ramo dos Profissionais visa, assim, ajudar a encontrar respostas para estas perguntas (que tantas implicações terão no nosso futuro) e para esta fase concreta da vida. Visa ajudar cada pessoa a traçar o seu "plano de vida", à luz da espiritualidade e da pedagogia de Schoenstatt (acentuando a importância do auto-conhecimento) e dos princípios e valores da Igreja Católica. Assim, aspiramos a uma transformação radical de forma a santificar diariamente o mundo do trabalho, a própria família e o meio social onde nos inserimos.

"Fazer o ordinário extraordinariamente bem, com dedicação e alegria"

Padre José Kentenich

ORGANIZAÇÃO

O Ramo dos Profissionais representa a última etapa dentro da Juventude Masculina de Schoenstatt, em Lisboa. Em termos orgânicos, este Ramo funciona em moldes semelhantes aos restantes da Juventude Masculina, estando assente nos grupos de vida, num conselho e num assessor. Tendo em conta que nem todos os membros de um grupo de vida iniciam a vida profissional ao mesmo tempo, caberá a cada grupo de vida definir o momento a partir do qual transita dos Universitários para os Profissionais. Ainda que possam existir excepções, entendemos que, por regra, a idade dos membros deste novo Ramo não deve ir para além dos 30 anos (visto que o Movimento já oferece, para essas idades e fases de vida, outras propostas)."

Os jovens profissionais estão presentes nas reuniões do seu grupo de vida, retiro anual, encontros de Ramo (momentos de oração, conferências, convívios) assim como na participação e colaboração em actividades dentro da própria família de Schoenstatt.

“Ter uma profissão não é a mesma coisa que ter um trabalho. Uma autêntica profissão e ofício permite desenvolver a capacidade criadora. Quando se exerce uma profissão genuína e autêntica que permite criar, experimenta-se, ao mesmo tempo em algum grau, a satisfação deste anelo inato e profundo (de ser criativo). Mas quem não pode criar limita-se a produzir. E produzir não faz ninguém verdadeiramente feliz.”

Padre José Kentenich

Ramo dos Profissionais - Jornada de Verão - Malveira da Serra, 17 Junho 2018

ACTIVIDADES

O retiro dos profissionais decorre em Fátima, num fim de semana do mês de Janeiro.

Tem como objectivo providenciar a cada participante um tempo e espaço de oração individual e de recolhimento, para fazer um balanço de vida e centrá-la em Deus.

É a actividade de maior importância no ano dos profissionais, sendo realizada desde 2016.

RETIRO

As conferências são organizadas 2 a 3 vezes por ano.

Na presença de um ou mais oradores, somos convidados a aprofundar e reflectir sobre temas de formação Cristã, mais concretamente em áreas que se aplicam à nossa vida de jovens profissionais, como por exemplo a vida profissional/familiar, vocação, paternidade, santidade da vida diária, entre outros.

CONFERÊNCIAS

A Jornada decorre uma vez por ano, durante um dia de Maio/Junho.

Num ambiente descontraído, temos um momento onde nos reunimos para um convívio com almoço, balanço do ano que passou, tema e Missa.

JORNADAS

Os encontros de oração são organizados 2 a 3 vezes por ano, no Santuário de Schoenstatt.

Através de uma proposta de oração, somos convidados a ir ao encontro de Deus e de Nossa Senhora no seu Santuário, podendo assim encontrar um momento de Paz nas nossas vidas agitadas.

ORAÇÕES
GRUPOS DE VIDA

INSTRUMENTOS DA NOVA CONGREGAÇÃO

Em 2004 nasceu o Grupo Instrumentos da Nova Congregação (INC). O nome vem pelo vontade de sermos Instrumentos de Nossa Senhora estando dispostos a seguir a Sua vontade. Não só queriamos ser Instrumentos, como tambem renovar a fundação do Movimento feita por Congregados em 1914 que nós, de novo, queriamos deixar a nossa marca.

O grupo foi formado por pessoas vindas do Ramo mais novo da Juventude Masculina (Cruzados) e foi nos Pioneiros que teve a sua formulação com: Bernardo Pestana, Diogo Bonvalot Pereira, Eduardo Barroso, Frederico Garcia, Frederico Sousa Macedo, Gonçalo Oom Cardoso, Gonçalo Pereira Coutinho, João Avó de Almeida, José Rebêlo e Manuel Lupi Cary. Durante grande parte da sua existência, este grupo contou com a orientação de Francisco Libano Monteiro e tambem com Pedro Rocha e Melo.

Em 2010 o Grupo passou a fazer parte do Ramo de Universitários e mais tarde em 2016 dos Profissionais onde ainda conta com a presença de alguns membros.

ALIADOS À TUA CRUZ

O Grupo AtC nasceu em 2009 através da fusão de diferentes grupos de pioneiros e universitários da mesma geração, contando actualmente com 9 membros. Quase todos os membros do grupo entraram para a Juventude Masculina enquanto cruzados, contando com uma vivência de mais de 15 anos no movimento.

 

Fortemente influenciado pelas missões de pioneiros/aliadas e mais tarde pelas missões universitárias (Missão País), o grupo foi-se definindo e crescendo, atravessando todos os ramos da JM, enquanto colaborava em diferentes actividades do Movimento.

 

Durante os anos de 2011 e 2012, 8 dos seus membros comprometeram-se com a Aliança de Amor.

PEDRAS DO TABOR

A fundação do grupo Pedras do Tabor remonta ao ano de 2007, no Ramo dos Pioneiros.

Tendo inicialmente começado o grupo com 10 elementos, os Pedras do Tabor foram construindo um grupo muito coeso, sempre com grande vontade de participar nos Ramos onde estiveram inseridos.

O nome "Pedras do Tabor" tem a sua origem na vinculação ao Santuário que o grupo demonstrou desde cedo, e na vontade de construir a Igreja a partir do mesmo. Fazendo referência à Transfiguração do Senhor, e às graças que os Apóstolos receberam no monte Tabor nesse momento, o grupo quer que o Santuário seja para cada um o lugar primoridal da revelação de Cristo, através da Mãe e Rainha Três Vezes Admirável de Schoenstatt

Em 2010, o grupo entrou no Ramo dos Universitários, e encontra-se actualmente a participar no Ramo dos Profissionais, desde 2015.

CAVALEIROS DE MARIA

Segundo a lenda, os Cavaleiros nasceram no dia 18 de Março de 2012 por impulso de 3 rapazes da Nova (Quico TD, Zi Sacadura e Gui RP) ao qual se juntaram o filho e sobrinho da tia Rita Coimbra (Sebastião Preiswerk e João Sampayo), o vizinho (Fred Gaspar) e um rapaz que estava a fazer o Crisma (Pedro Abreu).

 

Era um grupo de rapazes entusiasmados com a proposta de Schoenstatt para os jovens e que iniciou caminho sob a orientação do Padre Diogo Barata com uma épica jornada de grupo na Casa dos Padres.

Depois de um tempo de introdução, foram entregues ao jovem seminarista Eduardo Segura Bueno que foi dirigente cavaleiro por um ano e meio. Durante a sua estadia deram-se a inesquecível jornada de Elvas com a decisão do nome de grupo, o Retiro da Semana Santa, a Peregrinação Nocturna a Fátima, a Peregrinação a Santiago, entre outras. Foi também nesse período que aconteceu a primeira Aliança de Amor Cavaleira do Zi, Sebastião, Fred e Gui, a 8 de Dezembro de 2013.

 

No dia 13 de Maio seguinte, já sem o Eduardo, houve a Aliança do Quico e, durante a celebração do Centenário do Movimento em Schoenstatt, o Pedro Abreu também se aliou amorosamente na madrugada do 18 de Outubro de 2014.

Entretanto, em 2014, juntaram-se à Cavalaria dois jovens já experientes do Movimento: o Janeca Castro Fernandes e o João Pedro Duarte.

Em 2015 oi escrita uma oração de grupo com que se identificaram e cuja construcção envolveu o contributo e a oração de todos.

 

O grupo continua vivo e com ambições renovadas à medida que novas ideias e correntes de vida têm surgido. A devoção a Nossa Senhora tanto em Fátima como em Schoenstatt são características muito marcantes e que levam os Cavaleiros a irem muitas vezes a Fátima juntos.

CONSELHO
GONÇALO OOM CARDOSO
CHEFE DE RAMO

Idade: 28 anos

Empresa: Leroy Merlin

No Movimento desde 2006

JOÃO CASTRO FERNANDES
CONSELHERIO

Idade: 27 anos

Empresa: Glintt

No Movimento desde 2005

PEDRO AFRA ROSA
CONSELHEIRO

Idade: 24 anos

Mestrado

No Movimento desde 2008

ANTÓNIO SOTTOMAYOR
CONSELHEIRO

Idade: 26 anos

Empresa: Semear

No Movimento desde 2012

GALERIA

© 2019 - Profissionais de Schoenstatt - JM Lisboa

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now